• edsuely

PRIVILÉGIOS CRISTÃOS

Atualizado: 15 de mai. de 2019

MATERIAL : BOLINHAS DE QUALQUER MATERIAL

UM CESTO DE LIXO OU BALDE


DATA: 28.02.2019

CONEXÃO COMPROMISSO


COMO FAZER:


Cada irmão recebe uma bolinha.


O mediador coloca o cesto de lixo bem na frente da sala, E diz:

“O jogo é muito simples. Vocês representam a população de um país qualquer. E todo cidadão neste país tem a chance de crescer na vida e pertencer às classes mais privilegiadas , Para subir às classes mais altas, tudo o que você precisa fazer é acertar sua bolinha no cesto, sem se levantar do seu lugar”

Imediatamente os irmaos do fundo da classe devem protestar: “Isso não é justo!”. Os que estão atrás veem um monte de gente e fica fácil deduzir que esses terão muito mais facilidade em acertar suas bolinhas no lixo.

Quando os arremessos são feitos acontece o esperado: os da frente conseguem acertar mais (mas nem todos) e os de trás acertam menos (mas alguns acertam)

O mediador conclui: “Quanto mais perto você está do cesto, maiores são as suas chances de acertar. Isso é um privilégio. Vocês repararam como as reclamações vieram, todas, do fundo da classe?” “Isso acontece porque as pessoas que estão aqui na frente não estão enxergando a mesma coisa que as pessoas que estão no fundo”

Os da frente estão a poucos metros do cesto e não enxergam a mesma quantidade de cabeças à sua frente. E por não terem essas barreiras tudo o que eles enxergam é o objetivo do jogo sem se dar conta da posição privilegiada em relação aos que estão mais no fundo da sala..


COCNLUSÃO:

“O seu trabalho, como cristão privilegiado que é, porque têm melhor acesso– é TER CONSCIÊNCIA, sobre este privilégio. E usar esse privilégio chamado consciência cristã, para alcançar grandes feitos ao mesmo tempo em que defende os direitos e as oportunidades dos que estão nas fileiras mais atrás de você.”

Foi o que aconteceu com o paralítico, se pelo menos uma única pessoa naquele lugar tivesse visto o milagre de Jesus, vários teriam sido curados, Ás vezes enxergamos somente nossas necessidades, nossos parentes, nossas angustias, nossos problemas e colocamos nossa fé naquilo que não nos dá vida, não conseguimos olhar para Jesus. Que é o autor e consumador de nossa fé.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Material: Folha de papel para recorta em quadradinhos e numerar conforme o número de participantes. Desenvolvimento: 1-Entregue a cada participante um papelzinho numerado aleatoriamente; 2-Peça para c